Sobre a Revista

Foco e Escopo

Editada sob a responsabilidade do Instituto Trabalho Digno, a revista Laborare publica artigos científicos originais, após revisão cega por pares, nas seguintes áreas relacionadas à promoção do trabalho decente: segurança e saúde no trabalho, direitos trabalhistas, inspeção do trabalho e em ciências sociais e trabalho.

O conceito de Trabalho Digno que utilizamos é o de um direito humano essencial, caracterizado como um trabalho seguro e saudável, adequadamente remunerado, exercido com equidade e proteção social, em condições de liberdade e capaz de garantir uma vida digna.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os trabalhos submetidos à análise, após o registro, são direcionados a um Editor para indicar dois revisores especializados na área de conhecimento do artigo. As opiniões emitidas por esses revisores são analisadas pelo Editor, que emite a opinião conclusiva em nome da Comissão Editorial. A revisão, com a opinião conclusiva, é direcionada aos autores para correções, justificativas e preparação de nova versão. Depois disso, esta versão é confrontada com a versão original do documento pelo Editor para aprovação. A correção gramatical é de responsabilidade do(s) autor(es). Após o layout final, o texto é submetido para as correções finais dos autores e pelo comitê editorial, sendo depois disponibilizado on-line e, oportunamente, na versão impressa no Laborare.

Periodicidade

Semestral

Polí­tica de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Preparação de manuscritos

Os autores devem apresentar o trabalho, explicando a principal contribuição para a temática e escopo da revista. Deve indicar que o trabalho é original e não foi enviado para publicação em outro lugar.

Os artigos e as avaliações não devem exceder 25 páginas espaço duplo (papel A4 com margens de 3 cm, fonte Times New Roman, tamanho 12, páginas e linhas numeradas sequencialmente), incluindo tabelas e figuras. As Notas de Pesquisa não devem exceder 12 páginas, incluindo tabelas e figuras.

O texto deve ser digitado no programa Word (Microsoft). As principais divisões do texto (por exemplo, Introdução, Métodos, Resultados e Discussão e Conclusões) devem estar em maiúsculas e negrito. As notas científicas não têm divisões.

O título do manuscrito deve refletir o conteúdo do trabalho e não deve ter legendas, abreviaturas, fórmulas ou equações e símbolos. Quando o idioma do texto for português ou espanhol, deverá ter também a versão em inglês.

Os nomes dos autores e coautores devem ser incluídos na mesma ordem em que aparecem no trabalho final. Não deve ser indicado a autoria do trabalho no texto do manuscrito, mas somente na folha de rosto.

O resumo deve ser em inglês e, quando aplicável, no idioma utilizado no texto. Deve ter o objetivo da pesquisa de forma clara e concisa, os métodos brevemente e os resultados e conclusões mais relevantes. O resumo não deve exceder 250 palavras com frases curtas com conexão completa entre si. Não deve conter referências.

As palavras-chave não devem repetir as palavras do título. As palavras devem ser separadas por uma vírgula e começar com letras minúsculas, incluindo o primeiro termo. Os autores devem apresentar de 3 a 6 termos, considerando que um termo pode ser composto de duas ou mais palavras.

A introdução não deve ter mais de duas páginas. Deve incluir o raciocínio para a realização do trabalho, colocando a importância do problema científico. A informação contida na Introdução deve ser suficiente para estabelecer claramente o objetivo do artigo. Os autores devem citar estudos recentes publicados em revistas científicas, mas a citação de obras clássicas é aceita.

Em Resultados e Discussão, os autores devem apresentar os resultados da pesquisa e discuti-los para relacionar as variáveis examinadas com os objetivos do estudo. A mera comparação dos resultados com os dados apresentados por outros autores não caracteriza a discussão sobre eles. Mas os autores devem evitar especulações excessivas.

A Conclusão deve responder à questão abordada na pesquisa, confirmando ou não a hipótese do trabalho, de acordo com os objetivos. Os autores devem estar cientes de que a conclusão não é um resumo dos principais resultados.

Somente as referências estritamente necessárias para a compreensão do artigo devem ser citadas, sendo recomendável seguir um limite de 25 referências a artigos. A lista de referências deve começar em uma nova página.

Não serão aceitas as referências em nota de rodapé ou fim de página.

Orientações sobre citações

Um autor
Texto: Castleman (2016) argumenta que
Referência: Castleman, B. (2016). The export of hazardous industries in 2015. Environmental Health (2016) 15:8. DOI 10.1186/s12940-016-0091-6

Dois autores
Texto: conforme demonstrado (Magliano and Mallimaci Barral, 2015),
Referência: Magliano, MJ. and Mallimaci Barral, AI. (2015). Las edades de la migración boliviana en Argentina: Córdoba y Ushuaia como destino. Si Somos Americanos [online]. 2015, vol.15, n.1, pp.141-167. ISSN 0719-0948. http://dx.doi.org/10.4067/S0719-09482015000100006.

Três autores
Texto: Conforme sugerido por Bertin, Thébaud-Mony and Counil (2016),
Referência: Bertin, M., Thébaud-Mony, A. and Counil, E. (2016). Inégalités de genre face à la multi-exposition cancérogène en milieu professionnel. Résultats d'une cohorte de patients atteints de cancers bronchopulmonaires. Revue d'pidémiologie et de Santé Publique, Vol. 64, Supplement 4, September 2016, Pages S244-S245. http://dx.doi.org/10.1016/j.respe.2016.06.277

Mais de três autores
Texto: Marsili et al. (2016) argumentam que
Referência: Marsili, D., Terracini, B., Santana, VS., Ramos-Bonilla, JP., Pasetto, R., Mazzeo, A., Loomis, D., Comba, P. and Algranti, E. (2016). Prevention of Asbestos-Related Disease in Countries Currently Using Asbestos. Int. J. Environ. Res. Public Health 2016, 13(5), 494; doi:10.3390/ijerph13050494

Autor Institucional
Texto: (Amnesty International, 2015)
Referência: Amnesty International: Promising little, delivering less: Qatar and Migrant Labor Abuse Ahead of the 2022 Football World Cup, 20 May 2015. https://www.amnesty.org/en/documents/MDE22/1570/2015/en/. Accessed May 13 2017.

Mais de um trabalho em um ano
Texto: (Bensusán, 2016a) or (Bensusán, 2016b)

Referência 1: Bensusán, G. (2016a) Organizing Workers in Argentina, Brazil, Chile and Mexico: The Authoritarian-Corporatist Legacy and Old Institutional Designs in a New Context. Theoretical Inquiries in Law. 17(1): 131-161. Retrieved 12 Jun. 2017, from doi:10.1515/til-2016-0006

Referência 2: Bensusán, G. (2016b). Nuevas tendencias en el empleo: retos y opciones
para las regulaciones y políticas del mercado de trabajo. CEPAL - Comisión Económica para America Latina y el Caribe, Santiago, diciembre de 2016, 115 p. http://www.cepal.org/sites/default/files/document/files/bensusan_1.1.pdf Accessed May 13 2017

Múltiplos autores e trabalhos
Texto: (Barbato, 2010; Bignami, 2014; Delgado, 2016)

Capítulo em um livro
Texto: De acordo com a pesquisa de Paes-Machado and Nascimento (2016),
Referência: Paes-Machado, E., Nascimento, AM. (2016) Governing security in the streets: the case of Brazilian taxi drivers. In: Klein, A. (Org.). Crime and criminal behavior. 5ed.New York: Novinka, v. 10, p. 87-120.

Periódicos
Referência: Cairncross, E., Kisting, S. (2016) Platinum and Gold Mining in South Africa. New Solutions: A Journal of Environmental and Occupational Health Policy. Vol 25, Issue 4, pp. 513-534. http://dx.doi.org/10.1177/1048291115622027.

Citação de fonte da internet
Como nos exemplos acima, quando o acesso ao texto foi realizado pela internet, a citação deve constar todos os dados de autoria, título, etc, acrescentando ao final o endereço e a data em que houve o acesso. Quando se tratar de artigo com o código DOI não é necessário registrar a data do acesso.

Recomendações importantes

a) As seguintes fontes não devem ser utilizadas, salvo em situações excepcionais que o autor justificará durante a revisão por pares: teses, dissertações, comunicações pessoais, relatórios não publicados e artigos publicados em anais de conferência.
b) Devem ser evitadas transcrições de quaisquer textos, bastando a correta citação do artigo científico ou lei.
c) Devem ser privilegiadas as fontes primárias, evitando o uso da citação intermediada (apud).
c) Nenhum tipo de identificação de autoria deverá ser incluído no artigo. Qualquer informação que leve ao reconhecimento do(s) autor(es) deve vir apenas na folha de rosto.
c) Na submissão do artigo, os nomes do autor e coautores devem ser inseridos no sistema na mesma ordem em que aparecem no trabalho final.
d) A falta de padrões exigirá o retorno do trabalho.
e) Atenção: nas situações não previstas nestas instruções, os autores devem consultar as normas ISO 690 (1987) e ISO 690-2 (1997).

Histórico do periódico

Laborare é continuação da Revista Baiana de Inspeção do Trabalho, criada em janeiro de 2016, passando a ter abrangência nacional e contemplando os diferentes atores envolvidos na promoção do trabalho digno.